Os brotos do rock

Hoje é 13 de julho, dia mundial do rock.

Resolvi fazer uma pesquisa com azamiga pra saber quem são os bonitões do mercado e chegamos a uma conclusão: eles não vão caber no post, ou seja meninas, tamo bem!

Leia-se que rock’n roll aqui não é apenas uma marca musical. É todo um conjunto, uma raça, uma presença que, lá de cima dos palcos da vida, faz legiões e legiões de homens, mulheres e indefinidos se esquecerem dos bons modos e babarem sem distinção.

Com vocês, o nosso abre alas:

Jim Morrisson, do The Doors. Porque com certeza você já parou pra pensar nesse rosto

Axl Rose, líder do Guns, nos veeeeelhos tempos. Recordar é viver

Na alegria e na tristeza, na saúde ou no fundo do poço. Eterno Kurt Cobain, vocalista do Nirvana

Liam Gallagher, ex-Oasis. Quem não curte uma encrenca?

Daniel Johns, do Silverchair, quando descobriu que era muito mais vitaminado que o Kurt. Esse foi difícil escolher UMA foto…

…por isso eu me dou o direito de duas

Devendra Banhart, no nosso coração sempre tem espaço pra um esquisitinho. Vai pensando? Ele já pegou a Natalie Portman meu!

Gregg Foreman, tecladista da Dirty Delta Blues, banda que acompanha a Cat Power. Porque sempre tem espaço pra ela aqui e a gente gosta de feios bonitos

Caleb Followill, do Kings of Leon. Pra pegar no colo e não largar mais

Fabrizio Moretti, do Strokes e do Little Joy. Porque a gente curte uma coisa meio desconstruída

Thom Yorke, do Radiohead. Oi, quer ser meu bichinho de estimação?

Bono Vox, do U2, em uma foto épica sem os indefectíveis óculos coloridos. Porque um talento da maturidade sempre cai bem

E pra fechar com chave de ouro, ele, tão falado durante a Copa: o guru Mick Jagger, dos Stones. Porque ninguém segura esse rebolado.

Feliz dia mundial do rock pra você também!

Colaboraram com esse post azamiga: Cibele Nogueira, Lucy Fracchetta, Mayra Momi, Natalia Arbex e Carolina Gutierrez.

Anúncios